ABEL SOARES ROSA

OS BEATLES - AVENTURAS POP PORTUGUESAS

05/2022
ÂNCORA EDITORA
LIVRO
PT
19039

Stock: Disponível

27,50 €
Está interessado neste produto?
FALE CONNOSCO

OS BEATLES - AVENTURAS POP PORTUGUESAS

Coloque o cursor sobre a imagem para fazer zoom

outras imagens do produto

Detalhes

LIVRO (M). Publicação original portuguesa, 1ª edição, da Âncora Editora / Impressão Gráfica Diário do Minho. Edição em capa mole, (22x22cm), com 208 páginas ilustradas. Inclui 2 marcadores alusivos à edição. Exemplar assinado pelo autor, ver imagens.

 

 

Uma fonte de inspiração para muitos historiadores, críticos musicais e apaixonantes da obra beatlemaníaca, como o nosso Abel Rosa, este livro nasce a partir dum salutar ideal; o coleccionismo.
Há pois Beatles para todos os gostos; desde os pacotes de açúcar, aos cromos, aos postais, aos copos, aos pins e aos horários escolares! Um infindável somatório de artigos que, são antes de mais, matéria prima e informação para os jovens iniciadores, e, porque não, para quem anda nisto á muitos anos.
E, para quem gosta de preciosismos, não faltam os singles e os ep’s portugueses com as suas variantes; na cor das capas, no grafismo, nos erros de impressão e em outras pequenas subtilezas que fazem a diferença. Numa época em que os 4 Beatles existiram não só como banda, e, num país “dividido” pelo Ultramar, não faltam também referências às raras edições angolanas e moçambicanas.

Já que falamos em edições portuguesas, porque não as versões das músicas dos Beatles pelos nossos artistas. Há imagens documentadas de edições discográficas do Quarteto 1111, Pop Five Music Incorporated, Jorge Costa Pinto, Carlos do Carmo, Natércia Barreto, Sheiks, Demónios Negros, Simone de Oliveira e Edmundo Falé entre outros mais. No topo do bolo há duas cerejas; a música “Penina” escrita em 1968 por Paul McCartney em férias no Algarve e gravada em single por Carlos Mendes e pelo Conjunto Jotta Herre, um conjunto português privativo do Hotel Penina. Nestas “Aventuras Pop Portuguesas” estão as imagens das várias edições nacionais e estrangeiras conhecidas até à data (e não são poucas!).
Muito mais há a descobrir neste livro que não deixa de ser uma caixinha de surpresas, claro, no bom sentido da palavra, coisa que o autor sempre nos habituou.

 


Texto de: Francisco J. Fonseca