JOHNNY HALLYDAY

LES PREMIERES SUCCES (EDI. PORTUGAL)

1979
VOGUE / ARNALDO TRINDADE
Vinil LP
PT
SB811

Stock: Disponível

15,00 €

LES PREMIERES SUCCES (EDI. PORTUGAL)

Coloque o cursor sobre a imagem para fazer zoom

outras imagens do produto

Detalhes

VINIL - SLEEVE (EX / EX-). Edição original portuguesa da Vogue / Arnaldo Trindade. Registo muito, muito raro, usado e em excelente estado. Capa com algum envelhecimento.

 

 

Um dos mais prestigiados interpretes da música francesa nasceu em Paris a 15 de Junho de 1943 e foi baptizado como Jean-Philippe Léo Smet. Em 1960 no inicio da sua actividade como cantor adoptou o nome artistico de Johnny Hallyday e editou até à presente data mais de oitenta LP's de originais, entre os quais vários ao vivo e colectâneas. Conquistou 18 discos de platina e 39 discos de ouro, estimando-se que tenha vendido em todo o mundo, especialmente francofono, 100 milhóes de discos. Assinou pela editora Vogue em finais de 1959 e em Março de 1960 editou o seu primeiro EP que teve de imediato um enorme impacto na juventude francesa. "Souvenirs, Souvenirs" e "T'aimer Follement" (versão dum original de Dalida) foram os registos de sucesso desse primeiro disco. Em poucos anos Hallyday tornou-se o rei do rock francês lançando inclusive a moda do twist e do madison em terras gaulesas. Em 1965 casou-se com a cantora Sylvie Vartan que ao longos das décadas surgiu ocasionalmente a seu lado nos espectáculos e nos discos. Em 1966 conheceu pessoalmente Jimi Hendrix e Noel Redding que serão os convidados na sua própria digressão, dando-os assim a conhecer ao público francês. Anos mais tarde, em 1972 com a digressão Johnny Circus, forma o grupo Ange que o acompanhou musicalmente. Durante a década de 70, com o yé-yé e os hippies a passar de moda, Hallyday foi-se adaptando aos tempos com um reportório onde surge também a música soul e os blues. Um dos discos mais marcantes dessa década foi o LP "Vie", muito constestário e ecologista. O tema "Jésus-Christ" em que a figura de Deus surge como um hippie, foi mesmo banida das rádios e da televisão. Apelando para uma maior liberdade para o rock'n' rol, em Junho de 1974 actua numa penitenciária suiça devido às constantes recusas do governo francês em permitir tais eventos nas prisões. Em 1975 vai gravar a Memphis (terra natal do seu idolo Elvis Presley) o LP "Rock À Memphis" e acompanha-o nessas gravações o lendário Jerry Lee Lewis. Durante o resto da década e até 1985 foi um constante corropio de gravações e espectáculos. Dois factos marcantes na década de 80: em Março de 1984 surge num programa especial da televisão francesa "Les Enfants du Rock à Nashville" em dueto com alguns dos seus ìdolos americanos; Carl Perkins, Tony Joe White e Emmylou Harris. Em Janeiro de 1985 é vitima de uma sincope em palco, facto que o leva a ter uma vida pessoal e artistica mais regrada. No entanto não deixou de fazer espectáculos batendo recordes de afluência entre os artistas franceses. Célebres ficaram os seus concertos em Las Vegas em 1996, no Stade de France em 1998 e junto à Torre Eiffel em 2000 que juntou perto de 800.000 espectadores. "Les Premiers Succes" foi pois um dos primeiros LP's de Johnny Hallyday (senão o primeiro) a ter direito a prensagem nacional pela etiqueta Orfeu em finais dos anos setenta e que reportava únicamente às gravações originais do artista na década de 60. Dos doze temas que fazem parte desta excelente colectânea, 8 pertencem aos 4 primeiros EP's de Hallyday de 1960 e os restantes surgem em alguns EP's de 1961. Uma excelente oportunidade para se ficar a conhecer o que de bom se fazia fora de Terras de Sua Majestade mesmo antes dos Beatles, e, onde a moda do ié-ié teve em Hallyday um dos maiores ídolos!

 

A1.24000 Baisers
A2.Souvenirs Souvenirs
A3.Hey Pony
A4.Oh Oh Baby
A5.A New Orleans
A6.P'tit Clown de Ton Coeur
B1.Tutti Frutti
B2.T'aimer Follement
B3.Itsy, Bitsy Petit Bikini
B4.Laisse Les Filles
B5.Kili Watch
B6.Depuis Qu'ma Môme