ROLLING STONES

DIRTY WORK

1986
ROLLING STONES RECORDS
Vinil LP
NL
86321

Stock: Disponível

12,50 €

DIRTY WORK

Coloque o cursor sobre a imagem para fazer zoom

outras imagens do produto

Detalhes

VINIL - SLEEVE (EX / EX). Edição original holandesa da Rolling Stones Records / CBS Records. Registo raro, usado e em excelente estado. Inclui encarte, "inner sleeve" com B.D. "Dirty Workout" dum lado, e, do outro, as letras mais a ficha técnica. Contém ainda a pelicula celofane vermelha original com o sticker de promoção. Ver imagens.

 

 

Este "Dirty Work", o vigésimo álbum de originais dos Rolling Stones, não foi muito bem recebido na altura da sua edição, a 24 de Março de 1986, e, parte da crítica consideravam-no como o pior álbum da banda, com a excepção de dois temas que o salvavam da mediocridade geral. Em boa verdade, por essa altura, Mick Jagger tinha acabado de editar o seu primeiro disco a solo e andava mais numa de autopromoção, enquanto Charlie Watts andava numa fase de experimentar drogas alucinogénicas. Ambos os músicos pouco contribuiram do que era suposto, cabendo a Keith Richards o papel principal, como músico e elemento unificador do grupo. Foi também a primeira vez que num disco de originais dos Rolling Stones, Keith foi a voz principal em dois temas, "Too Rude" e "Sleep Tonight". Felizmente, também, que havia os tais dois temas, "One Hit (To The Body)" e "Harlem Shuffle" que tiveram bastante sucesso e não deixaram que álbum entrasse rápidamente no esquecimento. Mas antes, e, pelo sim pelo não, Keith Richards convidou uns amigalhaços que de facto muito contribuiram para o bom resultado final. Entre eles aparecem os nomes de Jimmy Page, Bobby Womack, Tom Waits, Patti Scialfa, Jimmy Cliff e Ian Stewart. Infelizmente para este último músico a morte surgiu pouco tempo depois das gravações do álbum e uma forma da banda o homenagear, foi de acrescentar no final uma pequena faixa, "Key to the Highway", um clássico do Blues tocada exclusivamente ao piano por Ian Stewart. E, contra todos os contratempos e previsões o álbum foi vendendo, ultrapassando os 4 milhões de exemplares, suplantando mesmo o anterior registo de originais da banda, um tal designado de "Undercover". Mas isso é outra história.

 

 

A1. One Hit (To The Body)
A2. Fight
A3. Harlem Shuffle
A4. Hold Back
A5. Too Rude
B1. Winning Ugly
B2. Back To Zero
B3. Dirty Work
B4. Had It With You
B5. Sleep Tonight
B6. Key to the Highway (faixa não creditada)